quarta-feira, março 28, 2007

DESEJO ENCIUMADO



Ando com um calo.
Um calo
no meu desejo.

É o tal do ciúme
que nasceu
de um lampejo...

(poesia publicada na agenda Livro Diário do Escritor 2007, Litteris Editora)

terça-feira, março 27, 2007

Beijo de sereno



noite escura
chuva fina
nosso amor de madrugada!

A beleza também é cinza



Tímidas nuvens de chumbo cobrem o céu
- prenúncio de chuva -
e meu coração feliz!

(sorrisos de Sarah Amin para amiga Hannah)

segunda-feira, março 26, 2007

...e de bruços



esperei teu toque,
arrepiando-me com a lembrança
da força suave dos teus dedos...

Quando a natureza consola



Brisa leve
- suspiro do vento -
meu coração, acalento.

(de Sarah Amin, amiga da Hannah)

domingo, março 25, 2007

Coração miúdo



angústia aflora
- olhos rasos -
lágrima que morre em meus lábios.

Cadeira de balanço



Curvado
tropeço em meus pés...

O corpo já não te acompanha.

(de Sarah Amin, amiga de Hannah)

sábado, março 24, 2007

quinta-feira, março 22, 2007

Amor em calendário


arrancam-me um sorriso
teus olhos de outono
com a primavera, dor desbota.

Dia claro


Um sol imperial
esgarça o céu
da minha fortaleza...

(Sarah Amin)

quarta-feira, março 21, 2007

Minha dor por teu amor frágil


Tua dúvida é certeza
em teu silêncio de recusa.

Meus olhos de despedida...

Amor em corda bamba



horas incertas
sentimento impreciso
devaneios de fim de tarde.

sexta-feira, março 16, 2007

Horas perdidas em um céu sem estrelas



Aninha teus olhos, criança
que o anil celeste
é negro na infinitude...


(de Sarah Amin, em visita à Hannah)

sexta-feira, março 09, 2007

Entre a castidade e o pecado






Atormentam-me
- botões de rosa -
tiranos espinhos em minh'alma.



(Edward, o amigo visitante)

Cativo


Pele púbere
- pureza e volúpia -
silencioso duelo.

Menina-moça e eu,
escravo dos teus ditos infantis...

(Edward, o amigo visitante)

domingo, março 04, 2007

Hipnose


Fixa em mim teu olhos
arremata-me com um beijo
e serei tua.

quinta-feira, março 01, 2007

Em 3 Versos todo um sentimento - orkut


Cotidiano em poesia
a vida em versos
transforma em melodia
monotonias do dia-a-dia!






Manhã de orvalho
Pétalas em lágrimas
encantos de um girassol
borboletices infantis...





Eu, cativa do tempo
horas, meses e anos eu vi passar
- minuto a minuto -
há rugas no lugar da esperança.






(poetrix de Sarah Amin, postado na comunidade "Em 3 Versos, todo um Sentimento" - orkut)