domingo, maio 13, 2007

Mater


teu ventre,
a primeira morada
de um rebento
que rasga tuas entranhas...

madrecita,
mama mia,
mamãe

- tantas maneiras de chamar o amor -

liberta dos nove meses de espera
és cativa da sina
por amar incondicionalmente...

Sarah Amin

2 comentários:

Anônimo disse...

Simplesmente lindo amiga!
Bjs

Anônimo disse...

Eu ali acima...rss
Beijo
San