domingo, maio 06, 2007

Abutre



Se minha poesia devora-te
a mim, pouco importa a carcaça
pois se surgem letras, antes eram lágrimas

as minhas lágrimas.


(Rendição de Edward, o amigo visitante)

Nenhum comentário: