sábado, abril 07, 2007

(...)



é sorrateira a dor
que dilacera
meu teimoso coração...

Nenhum comentário: