quinta-feira, fevereiro 22, 2007

Nosso amor


ávidas

frenéticas

incansáveis

no céu da tua boca, nosso amor bilíngüe.

Nenhum comentário: