sábado, fevereiro 24, 2007

Infinito nos teus olhos


Ocaso marinho
de pedras aos pés.

Marina, onde estás, Marina?

(Edward, o amigo visitante)

Nenhum comentário: