terça-feira, fevereiro 06, 2007

Alegria Intermitente

Fim de tarde

Minha carne com teu cheiro.


Matizes encantadas

e um arco-íris que aquece a alma.


- Contornos do amor -


Noite ausente

Lágrimas pelo silêncio.


Fardo comum das amantes.



(poesia publicada no Ensaio Poético virtual "Ilusão", site www.avbl.com.br)

2 comentários:

Luci disse...

Lirismo mesmo na introspecção. Alma em cores...perfeito!

Hannah Abraão em frases de momento disse...

A idéia era uma poesia que trabalhasse o tema ilusão (por conta do ensaio poético onde ela foi publicada). Resolv trabalhar de forma sutil, perpassando o tema apenas no título e na última frase, praticamente.