sábado, setembro 09, 2006

Pela janela


Noite escura,
silêncio

vento que consola.

Nenhum comentário: