sexta-feira, setembro 08, 2006

AGRIDOCE


Não há versos;
no paladar, a saudade.

(poesia depois que você me deixou)

Nenhum comentário: